Como emagrecer comendo de tudo > Mundo Aki

Como emagrecer comendo de tudo


Um dos assuntos que mais nos atormenta, tanto a mulheres quanto homens é, emagrecer. Para atingirmos nosso objetivo tentamos de tudo, dietas malucas, buscamos a ajuda de profissionais e alguns chegam ao extremo de não comer absolutamente nada.

  
Mas devemos ter consciência de que isso não é nada saudável e muito perigoso, pois os riscos que corremos como, desenvolver distúrbios alimentares que nos levam a graves doenças esta cada vez mais comum em nossa sociedade. 

A busca do corpo perfeito já se tornou em alguns casos uma obsessão  pois, a sociedade cria um padrão e exige que nós o sigamos, mas todos deveram ter em mente que a perfeição não existe, o que existe é estar saudável e bem consigo mesmo porque os padrões criados, às vezes, não são realmente os ideais, a grande maioria não é.

Emagrecer com saúde

Se você realmente deseja emagrecer não procure coisas milagrosas como perder 8 kg em uma semana, isso não existe, pelo menos se existe não é nem um pouco saudável. O processo de perda de peso é gradativo, isso significa que demanda tempo, então não tente emagrecer com rapidez porque você vai sofrer o famoso efeito sanfona, vai perder muitos quilos em pouco tempo, mas depois vai recupera-los em menos tempo ainda. 


O melhor jeito de se emagrecer é criar novos hábitos e assim você não vai perde-los e sempre vai conseguir manter seu peso sem problemas. O melhor é que você saiba que não precisa se privar de um "chocolatinho" ou um arroz com feijão, isso não existe, o que você precisa ter em mente é que não pode exagerar, crie horários para comer e siga-os á risca, sem os famosos "lanchinhos" entre as refeições, isso é o que nos faz engordar, a ansiedade.
  
Então coma na medida, sem exageros, e limite os alimentos gordurosos e muito calóricos a poucas vezes na semana e em pequenas porções. Assim você ira emagrecer com saúde, comendo de tudo e feliz, é claro.


←  Anterior Proxima  → Página inicial
Comentarios Facebook
Comentarios Blogger

0 comentários:

Postar um comentário